Bahia vence o Ceará e sobe para 11º lugar no Brasileirão

Enfim, a agonia tricolor acabou. Na noite desta quarta-feira (29/08), o Bahia venceu o Ceará por 2×0, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, em jogo atrasado da 15ª rodada do Brasileirão, e conquistou seu primeiro triunfo fora de casa na Série A 2018. De quebra, os gols marcados por Lucas Fonseca e Gilberto afastaram o Esquadrão da zona de rebaixamento.

Para conseguir quebrar o jejum de três jogos sem triunfos no Brasileirão, o técnico Enderson Moreira optou por um time modificado e o esquema com três volantes. Nilton ganhou mais uma chance como titular, ao lado de Gregore e Flávio, enquanto Marco Antônio ficou com a vaga de Edigar Junio na frente.

Na defesa, Douglas voltou ao gol depois de mais de dois meses fora e Everson entrou no lugar do machucado Tiago. Segundo o Bahia, o goleiro Anderson, titular desde a lesão de Douglas, teve uma conjuntivite e nem viajou com o elenco.

Com o meio-campo mais preenchido e a ausência de um organizador centralizado, o Bahia iniciou a partida buscando as jogadas pelos lados do campo, tentando explorar a velocidade de Léo e Marco Antônio.

O tricolor quase abriu o placar aos nove minutos. No cruzamento de Marco Antônio, o goleiro Éverson saiu mal e bola ia sobrar para Flávio, mas a defesa chegou antes e afastou o perigo.

A mesma sorte o goleiro alvinegro não teve aos 27. O mesmo Marco Antônio cobrou escanteio, a defesa do Ceará afastou, porém, no rebote, o zagueiro Lucas Fonseca pegou chute forte de primeira, com a perna esquerda, e abriu o placar para o Esquadrão na casa adversária com um belo gol.

Do outro lado, a melhor chance do Ceará veio dos pés de Juninho Quixadá. O meia limpou três marcadores do Bahia e tentou o chute, que passou perto da trave.

Caixão fechado
Precisando correr atrás do prejuízo, o Ceará voltou para o segundo tempo se lançando ao ataque. Ricardo Bueno arriscou chute de fora da área e obrigou Douglas a fazer a defesa. Para aproveitar os espaços deixado pelo time alvinegro, Enderson tirou Marco Antônio e colocou Elber.

A estrela do treinador por muito pouco não brilhou quando o camisa sete fez a jogada na grande área e tocou para Zé Rafael soltar a bomba, mas Éverson fez a defesa e impediu o segundo gol tricolor.

A resposta do Ceará quase veio em forma de gol. Aos 30 minutos, Richardson experimentou de longe e Douglas teve que se esticar todo para salvar. A partir daí, o que se viu foi um jogo aberto com chances para os dois lados. O tricolor voltou a assustar depois que Léo fez a jogada na linha de fundo e cruzou rasteiro para Edigar Junio, que havia substituído Zé Rafael. O atacante ia pegar de frente com o goleiro alvinegro, mas a defesa chegou primeiro e conseguiu afastar.

Se segurando na defesa, o Bahia continuava com a estratégia de explorar o contra-ataque. De tanto insistir, chegou ao segundo gol. Elber recuperou a bola no meio-campo e lançou Gilberto ainda no campo de defesa tricolor. O camisa 9 avançou sozinho e chutou forte, na saída de Everson, para fechar o placar e decretar o triunfo azul, vermelho e branco em Fortaleza.

O próximo compromisso do Bahia é contra o Atético-PR, no próximo domingo (2), às 16h, na Arena da Baixada, em Curitiba.*Com informações do Correio da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com