Maquinista morre após ficar 7h em ferragens de trem que colidiu

O Corpo de Bombeiros conseguiu, por volta das 14h30 desta quarta-feira (27/02), retirar o maquinista das ferragens dos trens que colidiram na Estação São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro. No entanto, o homem não resistiu e morreu.

Após mais de sete horas preso às ferragens, o homem foi retirado com uma máscara de oxigênio e deitado em uma maca. De acordo com o G1, os bombeiros tentaram reanimar a vítima por quase 40 minutos, sem sucesso.

Os primeiros socorros prestados à vítima pelos bombeiros, ainda na plataforma da estação de trem, chamaram a atenção dos passageiros, que acompanharam o trabalho de outras plataformas e passarelas.

As oito outras vítimas da colisão tiveram ferimentos leves e foram levadas para os hospitais municipais Souza Aguiar e Salgado Filho. Sete já tiveram alta hospitalar. Com informações da Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com