Carnaval termina sem homicídio pelo segundo ano consecutivo

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) registrou 117 casos de lesão corporal leve e 12 de lesão corporal grave durante o Carnaval. Segundo informado, não houve nenhuma morte violenta nos três circuitos (Dodô, Osmar e Batatinha) oficiais da festa. Os dados do evento foram apresentados durante coletiva, na manhã desta quarta-feira (06/03).
A polícia ainda registrou ainda 891 ocorrências de furto e 121 de roubo durante o Carnaval. Dentre furtos e roubos, houve um crescimento de 32% no número de ocorrências comparado ao ano passado.

Novidades no Carnaval 2019, os postos com atendimento relacionado a violência contra a mulher contabilizaram 10 prisões, adotaram cinco medidas protetivas e receberam sete queixas de importunação sexual.

Outra inovação, o posto para casos de racismo e intolerância computaram duas situações, sendo uma de homofobia e outra de injúria racial.

Ao todo, cerca de 26 mil policiais trabalharam nas ruas de Salvador durante o Carnaval para garantir a segurança de um público estimado em 2 milhões de foliões.

Com a adoção de câmeras de reconhecimento facial em 12 dos 42 portais de entrada dos circuitos do Carnaval, a SSP informou que identificou três mil rostos durante a festa. Destes, 12 foliões tinham mandados de prisão em aberto, sendo que um deles foi preso pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com