Motim do PCC em prisão do Paraguai termina com funcionário gravemente ferido

O chefe de segurança da penitenciaria de Concepción, no nordeste do Paraguai, ficou gravemente ferido nesta segunda-feira após ser tomado como refém, junto com outros três funcionários, por um grupo de 20 presos do Primeiro Comando da Capital (PCC), informou o Ministério de Justiça paraguaio.

O ministro da Justiça, Julio Ríos, informou hoje no Palácio de Governo de Assunção que os quatro reféns (que não foram identificados) já estão em liberdade após “a ordem ter sido restabelecida pela polícia” e acrescentou que o chefe de segurança que ficou “ferido gravemente” está sendo transferido à capital. Por Agência EFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com