Kannário pode perder mandato após polêmica com figurino de Carnaval

O Major da Polícia Militar da Bahia, Copérnico da Silva Mota, protocolou, nesta terça-feira(12/mar), na corregedoria parlamentar da Câmara dos Deputados, uma representação contra o deputado federal Igor Kannário, por quebra de decoro parlamentar.

Copérnico da Silva Mota é presidente da Força Invicta (Associação dos Oficiais Militares Estaduais da Bahia) decidiu protocolar a representação após o deputado e cantor puxar o trio pipoca, nos dias 1º e 4 de março, com roupas que assemelham ao uniforme da Polícia Militar e colocar nelas a inscrição “Comando da Paz”, o que para a associação teria sido apologia ao crime.

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados vai analisar a representação podendo Igor Kannário perder o mandato de deputado federal.

O cantor afirmou que tentou homenagear os PMs e que a inscrição mostra que os agentes são promoventes da paz. O prefeito ACM Neto (DEM) também saiu em defesa de Kannário, dizendo que, se a cantora Ivete Sangalo tivesse desfilado no Carnaval da mesma forma, não teria sido questionada. Por BNews | Foto: Reprodução TV Aratu

Facebook Comments
Siga nossas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
Fale com a gente