Jovens compartilham mensagens ameaçadoras contra colegas

Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram encaminhados para a Delegacia Territorial de Irecê a fim de explicarem o compartilhamento de mensagens ameaçadoras em um grupo de Watshapp formado por alunos de um colégio no município Os dois foram levados por equipes do 7º Batalhão de Polícia Militar (BPM/ Irecê).

Uma denúncia anônima feita ao Centro de Comunicação revelou que os dois jovens, um aluno e o outro um ex-estudante da unidade de ensino, gravaram áudios ameaçando cometerem atos terroristas e enviaram para os colegas. Um dos meninos foi abordado no colégio e o outro em sua residência.

De acordo com a delegada plantonista da DT/Irecê, Ariadne Aragão de Almeida, os celulares dos dois foram recolhidos e serão analisados. “O diretor do centro de ensino também compareceu na delegacia”, revelou. Em depoimento, os dois afirmaram que só repassaram mensagens que receberam via rede social.

Casos envolvendo ameaças e disseminação de mensagens com conteúdos aterrorizadores são investigados pela Secretaria da Segurança Pública. Informações podem ser transmitidas de forma sigilosa através do Diques Denúncia (181).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com