Empresário que abusava de criança é preso em Amargosa

O empresário do ramo de móveis Alírio Pinheiro Almeida, de 53 anos, teve o mandado de prisão cumprido, na quinta-feira (09/maio), por investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Amargosa, acusado de estupro de vulnerável. Ele foi denunciado após cometer abusos contra uma criança de 11 anos.

A polícia apurou que Alírio oferecia doces e pequenas quantias em dinheiro para praticar atos libidinosos com a criança, desde que ela tinha 8 anos. Mudanças no comportamento da criança chamaram atenção de familiares, que denunciaram o empresário.

O delegado Adílson Freitas, titular da DT/Amargosa, informou que Alírio negou o crime, mas admitiu ter dado dinheiro à criança. Alírio está recolhido na carceragem da unidade, à disposição da Justiça Criminal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com