Homens armados fazem moradores reféns em casa no bairro de Santa Cruz, em Salvador

G1 – Um grupo de homens armados invadiu uma casa e fez moradores reféns por mais de três horas, no bairro de Santa Cruz, em Salvador, na noite desta terça-feira (28/05). De acordo com a polícia, ao menos quatro vítimas estavam no imóvel, entre elas, duas mulheres e duas crianças, que não tiveram as identidades e idades divulgadas.

Segundo a Polícia Militar, a situação começou depois que agentes foram ao imóvel para verificar informações colhidas após a prisão de criminosos na região. Conforme a PM, em depoimento, um dos cinco suspeitos detidos informou que havia um fuzil escondido no imóvel e os agentes foram confirmar.

Ao chegar na casa, a guarnição foi surpreendida por outros suspeitos, que teriam disparado contra os policiais militares e, em seguida, fizeram os moradores reféns. Ao menos cinco suspeitos participaram da ação. O grupo foi preso por volta das 23h40, após liberar as vítimas.

Agentes da 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina), da Rondesp Atlântico e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) participaram da ação e negociaram com os suspeitos. Dezenas de moradores da região acompanharam a situação.

Este é o terceiro caso de invasão de imóvel com reféns na região em menos de seis meses. Em dezembro de 2018, quatro homens armados entraram em um posto de saúde, no mesmo bairro, após uma troca de tiros com policiais militares que deixou três suspeitos mortos.

Na época, dezesseis pessoas, entre funcionários e pacientes, ficaram em poder dos criminosos por mais de três horas. As vítima só foram liberadas após intensa negociação entre a polícia e os homens, que foram presos.

O segundo caso ocorreu em abril deste ano, no Vale das Pedrinhas, na mesma região. Uma mulher de 34 anos e os filhos, uma adolescente de 15 anos e um menino de 2, foram feitos reféns por cerca de três horas, na casa da família, após criminosos, que também estavam em fuga, invadirem o local.

Durante a ação, um tiro chegou a ser disparado dentro do imóvel, mas ninguém ficou ferido. Os seis suspeitos foram presos após a ação. Entre eles, um jovem que havia participado da invasão ao posto de saúde. Nas duas ocasiões foram apreendidas armas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com