veja tudo sobre a festa de São João na cidade de Cruz das Almas

CORREIO – Localizada a aproximadamente duas horas de carro ou ônibus da capital baiano, Cruz das Almas é um dos destinos mais procurados para os festajos joninos. A hospitalidade, já é um dos símbolos fortes dos moradores do município.

Além de ser conhecida pela tradicional queima de espadas, proibida desde 2011 (leia mais abaixo), Cruz das Almas é frequentemente eleita como uma das dez melhores cidades do Nordeste para curtir o São João.

A festa oficial tem quatro dias de programação. Mas os festejos juninos já começaram desde o dia 31, com a festa Esperado São João, na Rua Rio Branco. No dia 1º, a cidade abriu o mês de junho com o tradicional Arrasta-pé Cultural, com concentração na Praça dos Artífices (Rua da Estação).

(Foto:ASCOM – Divulgação)

Gratuita, a festa municipal vai dos dias 21 a 24 e se destaca pelas atrações noturnas e pelas opções diurnas para toda família. Fora a programação oficial, os festejos continuam nas casas, ruas e bares. Ou seja, é festa 24 horas por dia.

Tudo começa às 8h da manhã com um arraial no circuito Oton Silva, na Praça Senador Temístocles, com quadrilha, bumba meu boi e casamento na roça.

(Foto: Cruz das Almas News – Divulgação)

Além das apresentações culturais, a principal praça da cidade recebe também a Festa da Agricultura Familiar. São quase 100 barracas comercializando produtos locais, como laranja, sequilhos, biscoitos e licores, principalmente de maracujá e jenipapo. Também acontece lá o Festival Gastronômico.

À tarde, a partir das 16h, os shows acontecem  na Praça Multiuso, onde se apresentam artistas locais. “É um espaço ornamentado, bacana para todas as idades”, destaca o prefeito Orlando Peixoto Filho (PT), conhecido como Orlandinho.

O circuito principal da festa, no Parque Sumaúma, funciona a partir de 22h. Por lá são esperadas cerca de 30 mil pessoas e se apresentam nos quatro dias artistas como Dorgival Dantas, Saia Rodada, Mastruz com Leite, Adelmário Coelho e Flávio José. O forró raiz é priorizado nos festejos juninos do município.

Com tantos artistas e tradições culturais, Cruz das Almas espera receber, nos quatro dias de evento, entre 100 mil e 120 mil turistas, entre eles pessoas que vão ficar na cidade e outros que estão só de passagem. A lotação dos hotéis para o período, segundo a gestão dados da municipal, já alcança 100%.

Esse é o momento em que há o maior aquecimento da economia no município. Por isso, devem ser gerados cerca de 3 mil empregos diretos e indiretos. A movimentação econômica prevista é entre R$ 25 milhões e R$ 30 milhões, incluindo bares, restaurantes e serviços gerais, prevê o município.

(Foto: Cruz das Almas News – Divulgação)

Outra grande opção
Outro grande atrativo da cidade é o Forró do Bosque, que este ano chega a sua 17ª edição e promete levar em torno de 10 mil pessoas para a Vila Vip, no dia 23.

Para o sócio-idealizador do evento, Antonio Ribeiro, o Dollar, a festa privada complementa a programação municipal e contribui para fortalecer o destino Cruz das Almas. “A gente tem o apelo tradicional, com quadrilha, casa de beiju, casinhas de tijolo, etc, e tem as bandas modernas para a galera que gosta dessa variação. Termino a festa às 23h e convido o público para a programação da cidade”, ressalta Dollar.

Mesmo proibidos, espadeiros mantêm tradição
A guerra de espadas é uma tradição que tem mais de 150 anos em Cruz das Almas e há 40 anos a reportagem acompanha o espetáculo, que divide opiniões. A prática de tocar as espadas é reconhecida por parte da população como um atributo cultural, mas também é polêmica por ferir e incomodar os cidadãos.

De 21 de junho a 25 de julho de 2018, por exemplo, 61 pessoas deram entrada nos postos de saúde de Cruz das Almas por causa de queimaduras, segundo a secretaria municipal de saúde. Também no ano passado, 8 pessoas foram presas no município por causa da guerra de espadas. É que a prática está proibida desde 2011.

O Ministério Público alega que “é crime porque usa explosivos de uso controlado pelo Exército e coloca em risco a liberdade das pessoas caminharem pelas ruas e a integridade física e patrimonial dos moradores”.

Isso não foi suficiente para impedir os espadeiros de manusear o artefato pelas ruas. “Trazemos há algum tempo a ideia da regulamentação. Sugerimos um circuito, com alambrados nas casas… Assim só vai quem quer.“, afirma o espadeiro Cléo Rocha.

(Foto: Internet – Divulgação)

Produzida com bambus, pólvora, limalha de ferro, barro e cordão de sisal, a espada já levou milhares turistas ao município. Entre os anos 60 e 70, a guerra era até transmitida por emissoras de televisão. Tudo por conta das luzes, cores e rabeios.

#chegandojuntonointerior
Como chegar 

Partindo de Salvador, siga pela BR-324 no sentido Feira de Santana. Suba o viaduto que dá acesso à BR-101 e daí siga até Cruz das Almas. Outra possibilidade é atravessar o ferry-boat de Salvador para Bom Despacho e seguir pela BA-001 até o entroncamento com a BR-101, e continuar na estrada, sentido Norte, até chegar à localidade.

Para se deliciar

Não deixe de comer o bacalhau do Bar to Tibar (Rua Manoel Pedro da Silveira). Petisco é no Bar Zé do Gato (Rua da Vitória). Feijoada é a da Tita, no bairro Santa Cruz e Maniçoba, feijoada, rabada e cerveja bem gelada no Cantinho da Neusa, na Rua da Estação.

Cidades próximas

Muritiba (3,3 km), Aporá (6,3 km), Sapeaçu (10,3 km), Governador Mangabeira (12,5 km), Cabaceiras do Paraguaçu (15,5 km), Cachoeira (18,1 km) e Conceição do Almeida (19,2 km).

Confira a programação:
  • 21/06

Filarmônica (Abertura)
Dorgival Dantas
Acarajé com Camarão
Saia Rodada

  • 22/06

Santana
Sarapatel com Pimenta
Trio Nordestino

  • 23/06 

Mastruz com Leite
Mestrinho
Adelmario Coelho
Rasga Tanga

  • 24/06 

Limão com Mel
Forrojão
Flavio José

Forró do Bosque

Quando: 23 de junho (domingo), às 14h
Onde: Vila Vip (Cruz das Almas – BA)
Atrações: Saulo, Ferrugem, Parangolé, Lambasaia e Calcinha Preta
Ingressos: Área Vip Open Bar – R$ 160,00 (open bar de cerveja, refrigerante, água, licor e guaramix)
Camarote All Inclusive – R$ 400,00 (buffet | open bar premium com whisky 12 anos, vodka premium, cerveja, refrigerante, água, licor e guaramix)
Formas de pagamento: espécie e em 6x nos cartões
Vendas: Central do Carnaval e Pida

(Matéria completa em Correio da Bahia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com