Nove suspeitos morrem em operações policiais em São Gonçalo do Amarante e Macaíba

TRIBUNA DO NORTE – Nove suspeitos morreram em confrontos com agentes de segurança durante operações policiais apenas nesta quarta-feira (10/07). Dos nove mortos, cinco foram em operação da Polícia Civil e Militar em São Gonçalo do Amarante (Ceará) e outros quatro em operação da Civil em Macaíba (Natal).

Macaíba

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) realizaram, na manhã desta quarta-feira, 10, uma operação que resultou na apreensão de cinco armas de fogo, sendo três revólveres calibre 38, uma arma caseira e uma espingarda calibre 44, além de maconha, crack, munições, dinheiro fracionado, máscaras e câmeras de monitoramento. A ação aconteceu na comunidade da “Raiz”, em Macaíba/RN. Em confronto, quatro bandidos terminaram mortos.

A investigação foi iniciada após o recebimento de denúncia anônima, informando que na localidade havia uma facção criminosa que monitorava toda a região, através de várias câmeras espalhadas pelas ruas, além de traficarem drogas e andarem armados livremente. Segundo as informações, um homem foragido da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) chefiava o tráfico na comunidade.

Durante a operação, no momento em que as equipes de policiais se aproximaram da comunidade, os suspeitos efetuaram disparos, instante em que houve o confronto com a polícia, e quatro deles foram feridos, sendo prestado socorro até o hospital mais próximo. No entanto, segundo a Polícia Civil, eles morreram.

Os mortos foram identificados como Denilson da Silva Costa, conhecido “Denilson matador”, foragido do PEP e chefe do grupo criminoso; João Paulo Pereira de Oliveira, conhecido como “JP”, que estava com uma tornozeleira eletrônica; Rodrigo Richardson Alves da Silva, conhecido como “Pé de Pato”, que estava cumprindo pena no regime aberto, e o último, identificado como João Pedro da Silva Alves, conhecido como “Pedrinho”, irmão de Denilson.

Além das armas de fogo, munições, drogas ilícitas e dinheiro, os policiais apreenderam as câmeras de segurança instaladas no local, usadas pelos suspeitos para monitorar o movimento na localidade e a entrada da polícia. Ainda de acordo com os policiais, uma das armas apreendidas na operação teria sido subtraída durante ação criminosa contra uma agência bancária. A polícia investigará a relação do grupo com esse crime.

São Gonçalo
Cinco homens morreram e outras três pessoas suspeitas foram presas após trocarem tiros com a Polícia em uma operação realizada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (10), em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal. De acordo com a Polícia Militar, armas, munições, drogas e material combustível foram apreendidos. A ação ocorreu em conjunto com a Polícia Civil.

Segundo o porta-voz da PM, tenente-coronel Franco, os criminosos estavam em uma zona rural da cidade e, após serem localizados, houve confronto. Os bandidos atiraram contra as guarnições e os policiais revidaram, atingindo os criminosos. Eles ainda foram socorridos, mas cinco não resistiram aos ferimentos. Duas mulheres e um homem terminaram detidos.

Com a quadrilha, os policiais apreenderam duas pistolas e uma escopeta de fabricação caseira de calibre 12, drogas, balança de precisão, celulares, dinheiro fracionado e garrafas de plástico contendo combustível, que a Polícia acredita que seriam usados para ataques na Grande Natal.

As três pessoas presas e o material apreendido foram encaminhados à delegacia de São Gonçalo do Amarante. O homem preso é suspeito de ter assaltado um policial militar, em Macaíba, no último final de semana. A pistola do PM foi recuperada na ação, segundo o delegado Luciano Augusto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com