Adolescente confessa ter matado menina de 9 anos em parque de São Paulo, diz polícia

Um adolescente de 12 anos confessou ter matado sozinho a menina Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de apenas 9 anos,  segunda a Polícia Civil. A confissão ocorreu nesta terça-feira (01/10), mas ele se recusou a dizer a motivação do crime. As informações são do G1.

Raíssa foi encontrada morta no último domingo (29), no Parque Anhanguera, na zona norte de São Paulo. Ela tinha desaparecido de uma festa no Centro de Educação Unificado (CEU) próximo ao local. Câmeras de segurança gravaram a menina e o adolescente antes do crime, com os dois andando de mãos dadas. Foi ele também que avisou a administração do parque sobre a localização do corpo no dia do crime.

O garoto confessou o assassinato acompanhado dos pais. Policiais, segundo o G1, descreveram o menino como frio e que só respondias as perguntas dizendo “sim” ou “não”. Ele será ouvido por promotores do Departamento de Infância e Juventude do Ministério Público e, depois, deve ser levado para uma unidade da Fundação Casa.

O adolescente e a menina moravam na mesma rua e estavam bem próximos nos últimos dias, segundo vizinhos.

Comente com o Facebook
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com