Votação para Conselheiros Tutelares de Cruz das Almas segue tranquila

A apenas meia hora do fim das eleições para a escolha dos novos conselheiros tutelares da cidade de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano tudo ocorre sem atropelos. Apesar da votação não ser obrigatória, a frequência dos cidadãos até o momento está sendo muito significativa. As votações estão ocorrendo no Centro Educacional Cruzalmense (CEC), e no Colégio Municipal Virgildásio Sena situados na Avenida Juraci Magalhães.

Os candidatos irão atuar no município, no quadriênio 2020-2023. Cada pessoa tem direito de escolher até cinco candidatos, por meio do voto direto, secreto e facultativo. Os locais de votação respeitam a proximidade com o endereço eleitoral de cada um.

Os conselheiros tutelares são agentes que atuam em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, com mandato de quatro anos e possibilidade de uma recondução, mediante nova escolha. Serão selecionados cinco membros titulares e cinco suplentes

A microempresária Neuza dos Santos Ferreira, moradora do município a mais de 40 anos destacou que, “É cada vez mais é importante votar em tudo que a gente pode votar. O Conselho Tutelar é mais uma porta que está aberta e que eu desconhecia”.

Cinco candidatos puderam ser escolhidos na cidade de Cruz das Almas.

Dona Neuza disse que soube da eleição por meio do site e de amigas que pediram um voto. Essa foi a primeira vez que ela participou de uma votação para conselho tutelar. O filho de Neuza, Giovane, de 43 anos, ressaltou que essa foi a primeira vez que ele votou para eleição do Conselho Tutelar.

As urnas eletrônicas foram cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. A votação foi organizada pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) e a fiscalização está sendo feita pelo Ministério Público do estado (MPBA).

Apuração: Terminada a votação, após o recolhimento das mídias de resultado das urnas, será iniciada a apuração do resultado nos locais de totalização em cada região administrativa. Os candidatos podem permanecer nos locais de totalização. No entanto, na sala de totalização, serão permitidas somente a equipe de apoio da eleição, os Conselheiros do CDCA e os representantes do Ministério Público.

O resultado da eleição será publicado no Diário Oficial do Município até o dia 1º de novembro. Os membros escolhidos pela população ainda passarão por uma capacitação entre os meses de novembro e dezembro.

As urnas serão recolhidas às 17h.

Comente com o Facebook
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com