Especialista explica diagnóstico do câncer de próstata

O câncer de próstata é o mais incidente nos homens em todas as regiões brasileiras, excluindo o de pele não melanoma, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). É estimado que, apenas em 2019, sejam diagnosticados mais de 68 mil casos dessa patologia.

É por conta desses altos índices que foi criada a campanha Novembro Azul, ação apoiada por diversas instituições em prol da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e de outras doenças mais comuns entre os homens. Sendo que aqueles com histórico familiar dessa patologia têm de 5 a 10 vezes a possibilidade de desenvolvê-la, segundo a Drª Katia Leite, presidente eleita da Sociedade Brasileira de Patologia.

O diagnóstico do câncer de próstata é feito, primeiramente, por meio do (toque retal) e análise dos níveis de Antígeno Específico da Próstata (PSA). Após esses exames, se houver a suspeita da doença é realizada a biópsia pelo médico patologista, que apontará a existência do câncer e o seu grau de agressividade, o que possibilitará a escolha do tratamento correto.

Vale lembrar, que apesar de ainda muitos homens se sentirem constrangidos em procurar um médico, o diagnóstico precoce pode ajudar na prevenção e tratamento.

Comente com o Facebook
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
Abrir chat
1
Como podemos ajudar?
Olá, como podemos ajudar?
Powered by