Concurso Conceição da Feira-BA pode ser cancelado por fraude

O concurso realizado no ano passado pela Prefeitura de Conceição da Feira, na Bahia, poderá não ser homologado. O Ministério Público estadual recomendou que o prefeito, Raimundo da Cruz Bastos (PSD), cancele o resultado após denúncias de irregularidades.

As reclamações foram recebidas dos candidatos, que alegaram problemas na fiscalização das provas e que os primeiros colocados na classificação divulgada pela banca são todos parentes de vereadores do município.

O MP-BA também recomendou que a Suprema Consultoria, banca organizadora, não realize nenhum outro processo seletivo até terminar a investigação. As informações foram divulgadas pelo G1.

A prefeitura publicou em suas redes sociais uma nota informando que não vai homologar, ou seja, concluir o concurso público até que a questão seja analisada. Membros do Poder Executivo e do MP-BA vão investigar a situação.

A prefeitura recebeu um prazo de 72 horas para que fosse cumprida a medida. Além disso, de acordo com o promotor Marcel Bittencourt, o Ministério Público vai ajuizar uma ação para anular o concurso, caso a prefeitura não cumpra a recomendação.

No site da banca organizadora, a última publicação referente ao concurso foi no dia 28 de janeiro, informando o resultado parcial da prova objetiva. A homologação ou não do processo seletivo agora vai depender da conclusão das investigações.

Comente com o Facebook
Faça sua denuncia ou elogio
Participe do nosso grupo
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support