Sogra é suspeita de matar genro a pauladas no distrito de Tiquaruçu

Uma mulher foi presa no domingo (24), acusada do homicídio do próprio genro Michel de Brito Machado de 38 anos, no município de Tiquaruçu, em Feira de Santana

De acordo com informações da polícia, a mulher (uma idosa) não confessou o crime, mas também não soube explicar o que havia acontecido para o homem ser morto de forma brutal e ninguém da casa ter percebido.

A idosa alegou que recebia constantes ameaças, agressões e humilhações do genro. Segundo ela relatou a polícia em depoimento, “o genro já a agrediu bastante com pontapés, com socos,e até com a capa de facão”. Ela disse que ele a colocava sentada por várias horas sem poder levantar. Então ela falou que já passou por muitas situações humilhantes e já foi muito agredida.

Ainda segundo informado a mulher não confessa o crime, disse que tinha muitos motivos, porém não matou Michel.

O crime aconteceu enquanto a vítima dormia, na casa onde a suspeita morava com a filha menor de idade e companheira de Michel. O corpo do homem foi encontrado na cama do casal com marcas de pauladas na cabeça.

A suspeita foi presa por policiais da 67ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) no local do homicídio. Já a filha, uma menor de idade que também testemunhou o crime, foi ouvida e liberada para o Conselho Tutelar.

Facebook Comments