Materiais para fabricação de espadas são entregues voluntariamente a polícia para serem destruídos em Cruz das Almas

Nesta segunda-feira 1º de junho policial da 27ª CIPM/Cruz das Almas, foram surpreendidos com algumas pessoas residentes da localidade da Pumba e Areal que entraram em contato para se desfazerem de produtos usados na fabricação de artefatos explosivos do tipo ‘espadas’.

De acordo com informado, as pessoas entraram em contato dizendo que estariam dispostos a se desfazer do material que estavam de posse. A guarnição do Pelotão Tático Operacional (PETO) deslocou para os dois locais na cidade de Cruz das Almas para recolher os materiais citados onde foram recolhidos;

200 espadas prontas

4 sacos de pólvora

2 rolos de fio de sisal

4 pilões

4 soquetes

4 marretas

Além de outros materiais usados na fabricação dos artefatos.

Todo o material foi recolhido e após manter contato com autoridades locais foi autorizada a destruição dos mesmos que foi realizada em local isolado. Vale salientar que o Estatuto do Desarmamento, em seu artigo 32 informa que a entrega espontaneamente de material previsto na citada legislação como objeto ilícito, mediante recibo, e, presumindo-se de boa-fé, ficando extinta a punibilidade de eventual posse irregular previstas.

Facebook Comments