Bolsonaro constrangia convidados e dizia que máscara “é coisa de viado”

Os relatos de pessoas que visitaram Jair Bolsonaro depois da explosão da epidemia de Covid-19 no Brasil descrevem momentos de tensão.

Segundo esses depoimentos, Bolsonaro, que testou positivo para Covid-19, se recusava a usar máscaras, o que induzia seus visitantes a fazer o mesmo. Ele também fazia questão de se aproximar para cumprimentar os interlocutores com um aperto de mão.

Ao perceber que o convidado estava tenso, dizia que aquele medo era “besteira”.

O presidente chegava a “brincar” com funcionários, perguntando quem usava máscara e dizendo que aquilo era “coisa de viado”. (Conversa Afiada)

Facebook Comments
Translate »