Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em cinco semanas

Num dia de otimismo no mercado externo, a moeda norte-americana caiu para o menor nível em cinco semanas. O dólar comercial fechou esta quarta-feira (22) vendido a R$ 5,114, com forte recuo de R$ 0,097 (-1,87%). A divisa está no valor mais baixo desde 12 de junho, quando tinha fechado em R$ 5,045.

O euro comercial encerrou o dia em baixa, sendo vendido a R$ 5,909, com queda de 0,91%. A libra esterlina comercial caiu 0,94% e fechou em R$ 6,522.

Nos últimos meses, os investidores compraram dólares para montarem posições contra o real e protegerem aplicações em outros mercados (como bolsa e renda fixa). Com a melhora do ambiente global e sinais de fragilidade do dólar no mundo, essa aposta estaria sendo desfeito, possibilitando o ajuste mais forte na cotação.

O recuo da moeda norte-americana estendeu-se depois da queda expressiva de ontem (21). Nem o acirramento das tensões entre os Estados Unidos e a China, com a ordem do governo norte-americano para que o país asiático feche o consulado em Houston, interferiu na cotação.

Além de avanços com pesquisas nas vacinas contra o novo coronavírus, o Federal Reserve (Banco Central norte-americano) está irrigando o sistema financeiro internacional com dólares, aliviando a pressão sobre o câmbio em países emergentes, como o Brasil.

Bolsa

O otimismo no mercado cambial não se repetiu na bolsa. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), fechou esta quarta-feira aos 104.290 pontos, com leve queda de 0,02%. O indicador oscilou bastante durante o dia, alternando altas e baixas, até fechar próximo da estabilidade.

(Agência Brasil)* Com informações da Reuters

Facebook Comments