Bahia cede empate ao São Paulo e deixa escapar primeiro triunfo fora de casa

O Bahia teve tudo para vencer sua primeira partida fora de casa na Série A e encostar na liderança. Mas, após vencer até os 39 minutos do segundo tempo, o Tricolor cedeu o empate e ficou no 1 a 1 com o São Paulo, no Morumbi.

Rossi abriu o placar e Gilberto ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti, tudo no primeiro tempo. Pablo deixou tudo igual.

Com o empate, o Esquadrão somou apenas um ponto, foi aos sete e permaneceu na quarta colocação. O time baiano volta a campo no próximo domingo (23), diante do Ceará, às 20h, na Arena Castelão.

PRIMEIRO-TEMPO

Logo aos quatro minutos, um lance na área do Bahia quase resultou em gol do São Paulo. Após cruzamento, a bola desviou na zaga e sobrou para Pablo. O atacante primeiro furou, conseguiu finalizar em seguida, mas Ernando cortou na pequena área.

Aos 12 o Tricolor baiano respondeu. Gilberto ajeitou para Rodriguinho, que mesmo derrubado por Igor Vinicius conseguiu chutar e Tiago Volpi fazer boa defesa.

Três minutos depois, o árbitro foi chamado ao vídeo para rever o lance e constatar o pênalti no camisa dez do Esquadrão. Na cobrança, Gilberto tentou o canto, mas Volpi se esticou para espalmar e evitar o gol.

Porém, o gol veio aos 20 minutos. Rodriguinho fez belo lançamento para Rossi, que dominou e bateu no canto para abrir o placar.

O Tricolor paulista quase empatou aos 33. Após cruzamento de Daniel Alves, Pablo desviou de cabeça e a bola passou perto do gol.

SEGUNDO-TEMPO

Na segunda etapa, a primeira chance clara foi do Bahia. Aos dez minutos, Gilberto foi lançado na direita, invadiu a área e chutou cruzado. Volpi fez bela defesa e evitou o segundo.

Aos 15 minutos, um lance polêmico. Gregore fez falta dura em Arboleda e os jogadores do São Paulo pediram a expulsão do volante. Mas, o árbitro deu apenas cartão amarelo.

Três minutos depois, Reinaldo arriscou chute da entrada da área, mas parou a bonita defesa de Douglas. Porém, logo depois, ao dar um chute, o goleiro tricolor sentiu a coxa e precisou deixar o campo. Anderson entrou no seu lugar.

Aos 29, o Esquadrão quase fez o segundo. Após roubada de bola, Élber ficou de cara para o gol e tentou uma cavadinha. Volpi fez a defesa e, no rebote, o atacante tentou completa. Desta vez, Igor Vinicius conseguiu cortar.

Mas, já diz o ditado: “quem não faz, toma”. Aos 40 minutos, após cruzamento de Reinaldo, Gonzalo Carneiro desviou no meio da área e Pablo, no segundo pau, completou de cabeça para empatar.

Um minuto depois, os donos da casa quase viraram. Mais uma vez, Reinaldo fez boa jogada na linha de fundo e cruzou rasteiro. Na pequena área, Pablo desviou de carrinho e a bola passou muito perto do gol de Anderson.

São Paulo 1 x 1 Bahia
Brasleirão Série A – 4ª rodada

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20/08/2020 
Horário: 20h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ). Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ). VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR), auxiliado por Lucas Paulo Torezin (PR) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Cartões amarelos: Vitor Bueno, Gabriel Sara (SAO); Gregore, Zeca (BAH)
Gols: Rossi (BAH); Luciano (SAO)
 
São Paulo
Tiago Volpi; Igor Vinicius (Gonzalo Carneiro), Bruno Alves (Léo), Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê (Helinho), Liziero (Gabriel Sara), Igor Gomes (Luciano) e Daniel Alves; Vitor Bueno e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Bahia
Douglas (Anderson); João Pedro, Juninho, Ernando e Zeca; Gregore (Elton), Ronaldo e Rodriguinho (Daniel); Élber, Rossi (Alesson) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

(Galáticos Online)

Facebook Comments