Canindé: Transexual é morta após ex-companheiro não aceitar fim da relação

Uma mulher transexual identificada como Claudia Leite, 26 anos, foi morta na cidade de Canindé de São Francisco, no Alto Sertão sergipano, na madrugada desta quinta-feira (20).

Segundo o delegado Fábio Santana, o principal suspeito é o ex-companheiro dela, Marques José dos Santos, conhecido como Gáspar, 19 anos, preso em flagrante no mesmo dia. De acordo com a autoridade policial, as diligências foram iniciadas após a família comunicar para polícia o desaparecimento da vítima.

Em depoimento, Marques confessou e disse que o crime aconteceu em uma localidade conhecida como Beira Rio. Ainda de acordo com o suspeito, ele e a vítima chegaram na motocicleta da mulher. Quando Claudia disse que queria romper a relação, houve uma discussão, e ele a agrediu com um soco. Ela se desequilibrou e caiu de uma altura de cinco a seis metros.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito teria colocado o corpo nas proximidades do rio e a correnteza teria levado. Ele levou os policiais ao local do crime que averiguaram e encontraram manchas de sangue e outros indícios de homicídio.

Segundo o delegado, as buscas seguem para localizar o corpo da vítima, que ainda está desaparecido. Um inquérito policial foi instaurado e deve ser concluído em até 10 dias. (BNEWS)

Facebook Comments