Cauan diz que se tornou uma pessoa melhor após Covid-19

O cantor Cauan Máximo, 38, que faz dupla com Cleber, fez um relato emocionado, nesta terça-feira (25), após se recuperar do novo coronavírus. Ele afirmou, no programa Encontro (Globo), que chegou a pensar que seria melhor morrer, mas acredita ter se recuperado não só fisicamente, e se tornado uma pessoa melhor.

“Eu tive dois momentos muito difíceis, em que fiquei com medo. Nem sei explicar o que sentia, pensei que se eu morresse seria mais vantagem, mas Deus me deu muita força, muita gente orando. Não foi só o pulmão. Eu era ansioso, inquieto, tinha déficit de atenção. Mas Deus veio e fortaleceu meu interior.”

Cauan, que chegou a ter 70% do pulmão comprometido pela doença, deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na segunda-feira (24), após quase dez dias. Os pais do músico também contraíram o novo coronavírus e seu pai está em estado grave na UTI. O cantor pediu orações para ele também.Em seu relato emocionado, ainda na cama do hospital, Cauan falou que agradece a Deus por ter passado por essa experiência, que o tornou uma pessoa melhor. Ele afirma que no último dia 16 começou a sentir uma melhora interna, em sua personalidade, mesmo que os exames físicos ainda não apontassem recuperação.

“Antes disso acontecer comigo eu já estava procurando melhorar meu interior, a forma de lidar com as pessoas, com menos arrogância. Eu era muito insensato, brincava com a doença. Mas eu já estava procurando uma mudança na minha vida. Aí, agora, não teve jeito, Deus falou comigo”, desabafou o músico.

“Eu costumo dizer que não amava nem meus filhos direito”, continuou ele. “Agora que estou amando. É chato falar uma coisa dessas, mas poucos dias antes de eu ser internado pedi perdão para a mãe dos meus filhos pelo tanto que deixei de fazer”, afirmou ele, que tem três filhos: Enrico, Iago e Maria Eduarda.

O cantor ainda agradeceu pelo tratamento recebido durante seu tempo na UTI. Segundo ele, houve uma enfermeira que o tratava como filho, além de muitos fãs rezando por sua recuperação: “Eu não mereço uma coisa dessa”, desabafou.

O cantor aparece em um vídeo antigo ironizando a contaminação pelo coronavírus (assista abaixo). Na imagem, o cantor bate no peito e “brinca” que não tem medo do vírus. (Com informações da Folhapress)

Facebook Comments