Nazaré das Farinhas teve 378 dias sem mortes violentas

Situada as margens do rio Jaguaripe, famosa pela produção da farinha de copioba e pelo tradicional festejo da ‘Feira dos Caxixis’, o município de Nazaré completou um ano sem homicídio.No período de 8 de julho de 2019 a 20 julho de 2020 não foi registrado crime violento letal intencional (CVLI) no município que, segundo o IBGE, tem aproximadamente 28 mil habitantes.

Equipes das polícias Militar e Civil apontam o trabalho conjunto e a intensificação das ações como causas do período tranquilo na cidade, distante 216 quilômetros de Salvador.

O titular da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus), delegado Adilson Bezerra de Freitas, explicou que o foco no combate ao tráfico de drogas tem sido importante vetor para a redução dos números. “Temos reforçado as operações constantes contra o tráfico, sempre com o apoio investigativo da Delegacia Territorial de Nazaré e da Polícia Militar”, disse.

As ações ostensivas contra as organizações criminosas da cidade foram reforçadas pela major Ana Paula Costa de Queirós, subcomandante do 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM/Santo Antônio de Jesus). “Alinhamos o nosso patrulhamento e trabalho de inteligência com equipes da Polícia Civil, além de autoridades municipais, Ministério Publico e Poder Judiciário. O trabalho das equipes da Ronda Rural é um dos nossos braços na região campestre”, completou a oficial.

O último crime contra a vida na cidade foi registrado agosto e já está em fase avançada de investigação.

Facebook Comments
Translate »
error: Conteudo protegido!