Clarão no céu chama a atenção de moradores da Bahia

Um clarão no céu chamou atenção de moradores de várias cidades da Bahia inclusive em Cruz das Almas no Recôncavo baiano, no final da tarde desta segunda-feira (23). A situação foi gravada e divulgada por varias pessoas nas redes sociais. 

Segundo Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA) e integrante da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon), o clarão é a pluma de combustível de um dos estágios do foguete “Longa Marcha 5, lançado às 04h30 (17h30 de segunda-feira em Brasília), no centro de lançamento de Wenchang, na província de Hainão (sul).

O clarão pode também ser visto nas cidades de Salvador, em Piraí do Norte, que fica no baixo sul do estado, e Itapitanga, no sul da Bahia. Além disso, o clarão também pode ser visto em outros pontos do Nordeste, como no Ceará e no Piauí.

“A sonda entrou com precisão na órbita previamente estabelecida. A missão foi concluída com êxito”, afirmou o diretor do centro de lançamento e responsável pela missão, Zhang Xueyu, citado pela televisão estatal chinesa CCTV.

De acordo com a agência de notícias estatal chinesa Xinhua, esta é uma das “missões espaciais mais complexas e desafiadoras” que a China já realizou.

A Chang’e-5 deverá colocar vários módulos na superfície lunar para recolher cerca de dois quilogramas de amostras.

A nave vai levar dois dias a chegar à superfície e a missão vai durar cerca de 23 dias, indicou Pei. As amostras vão chegar à Terra em meados de dezembro.

A missão vai tornar a China no terceiro país capaz de recolher amostras de material lunar, depois de os Estados Unidos e da antiga União Soviética o terem feito, nos anos 1970.

Facebook Comments
Translate »
error: Conteudo protegido!