Bahia sucumbe perante o Palmeiras e perde por 3 a 0 no Allianz Parque

(GALÁTICOS ONLINE) – O Bahia entrou em campo na noite deste sábado (12) para enfrentar o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 25ª rodada da Série A, mas sucumbiu perante ao time paulista e perdeu por 3 a 0, com gols de Willian, Raphael Veiga e Rony. Foram muitas chances claras de gol para o alviverde, que não converteu em gols. Do lado do Tricolor, algumas boas oportunidades também foram criadas, mas em um número muito menor do que o Palmeiras.

Com o revés, o Bahia segue com 28 pontos e, na pior das hipóteses, pode terminar a rodada com um ponto a mais do que o 17º colocado.

O JOGO

Antes de completar um minuto, o Bahia teve uma grande chance de abrir o placar com o atacante Gilberto. Da entrada da área, o camisa 9 soltou a bomba, exigindo grande defesa de Weverton. Pouco mais de quatro minutos depois, o Palmeiras marcou o primeiro gol do duelo. Mayke fez o cruzamento da direita, o goleiro Douglas tentou tirar a bola, mas não conseguiu, ela sobrou para Willian na pequena área, que dominou e completou para o gol com a perna esquerda. A resposta do Bahia saiu aos 14 minhutos, quando o meia-atacante Rodriguinho recebeu na intermediária e arriscou de longe, mas Weverton defendeu com segurança. O Palmeiras chegou novamente aos 27 minutos, após cruzamento de Raphael Veiga, na cabeça de Kuscevic, que exigiu uma esplêndida defesa de Douglas. O lateral-esquerdo Matheus Bahia derrubou Mayke na grande área, e Rafael Traci marcou o pênalti, tudo isso aos 35 minutos. Raphael Veiga cobrou e ampliou para 2 a 0.

Grata surpresa, Juan Ramírez se destacou pelo lado do Bahia e quase marcou um golaço aos 36 minutos. Depois de tabelar com Gregore, ele arriscou da entrada da grande área com um chute colocado, o qual raspou a trave e quase diminui, mas não conseguiu. Se do lado do Bahia os jogadores não conseguem converter os chutes em gols, no lado alviverde é diferente. Aos 42 minutos, Raphael Veiga lançou para Rony, que dominou a bola dentro da grande área e chutou no ângulo de Douglas, ampliando para 3 a 0. Após isso, houve mais uma chance clara de gol para o time paulista, com nova jogada pelo lado esquerdo da defesa tricolor. Mayke cruzou rasteiro, e Anderson Martins quase marca contra, mas evitou o quarto gol. O primeiro tempo finalizou com o placar elástico de 3 a 0 para o Palmeiras.

SEGUNDO TEMPO

Logo aos três minutos, Gabriel Silva recebeu passe de Breno Lopes e arriscou para o gol, exigindo ótima defesa do goleiro Douglas. O Bahia teve algumas oportunidades de dar prosseguimento aos lances com Gilberto, mas o atacante tricolor não estava numa noite inspirada e não conseguiu obter êxito em nenhum lance, deixando o gramado logo no início da segunda etapa para a entrada de Gabriel Novais.

O Esquadrão teve uma grande oportunidade de diminuir o marcador aos 15 minutos, com uma excelente jogada de Nino Paraíba, que avançou e entrou na grande área, chutou forte, para boa defesa de Wéverton, a bola sobrou para Juan Ramírez que pegou de primeira, mas novamente Wéverton fez bela defesa e evitou o gol do Tricolor. Aos 17 minutos, Gustavo Scarpa quase marca um golaço de falta, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

O Palmeiras chegou mais uma vez, desta feita com Willian, que recebeu passe rasteiro de Scarpa da intermediária, bateu colocado no canto do goleiro Douglas que fez uma bela defesa. Aos 30 minutos, Gustavo Scarpa deixou o atacante Gabriel Silva de cara com Douglas, mas o jogador isolou a bola, perdendo outra grande chance de ampliar. O Bahia respondeu aos 36 minutos, após excelente jogada de Nino Paraíba, a bola sobrou para Gabriel Novaes que deu uma bomba, de frente para o goleiro do Palmeiras, mas a noite era de Wéverton, que fez outra excelente defesa, salvando o Palmeiras.

FICHA TÉCNICA:
Palmeiras 3×0 Bahia – Série A (25ª Rodada)

Data: 12 de dezembro de 2020 (Sábado)
Horário: 19h00
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Árbitro: Rafael Traci (FIFA-SC)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Helton Nunes (SC)
Gols: Willian, Raphael Veiga e Rony (Palmeiras)

Palmeiras: Weverton; Mayke, Kuscevic, Gustavo Gómez (Alan Empereur) e Matías Viña (Marcos Rocha); Emerson Santos  (Luan), Gabriel Menino e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Willian, Rony (Gabriel Silva) e Breno Lopes. Técnico: Abel Ferreira

Bahia: Douglas Friedrich; Ernando, Anderson Martins (Nino), Juninho e Matheus Bahia (Clayson); Gregore, Ronaldo, Zeca e Juan Ramírez (Fessin) ; Rodriguinho (Rossi) e Gilberto (Gabriel Novaes). Técnico: Mano Menezes

Facebook Comments
Translate »
error: Conteudo protegido!