Polícia encerra festa com cerca de 700 pessoas em imóvel de luxo em Trancoso, casa pertence a cantora Elba Ramalho e estava alugada

O 8° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Porto Seguro) encerrou mais um evento irregular, no distrito de Trancoso. A festa acontecia em um imóvel de luxo, na noite de terça-feira (29), com a participação de cerca de 700 pessoas. No último sábado, outra aglomeração foi finalizada, também em uma casa de alto padrão, na mesma localidade.

Dessa vez, uma denúncia anônima levou as guarnições até o local. O evento, que segundo apuração inicial teve ingresso comercializado através de redes sociais, foi encerrado e o público dispersado.

Segundo informações a casa seria de propriedade da cantora Elba Ramalho. Ainda de acordo com informações, a cantora disse, contudo, que o imóvel estava alugado desde o dia 25 de dezembro até 4 de janeiro para turistas de São Paulo, que não participou da festa e nem estava ciente do evento.

Foi a própria Elba Ramalho que se posicionou nas redes sociais; “A minha casa está alugada e eu não sabia que estava tendo uma festa nessa proporção. No momento da festa eu estava na igreja, na missa. É chato, porque nós artistas precisamos dar exemplo, eu sou muito responsável com a minha vida e com a vida dos outros. Eu não sei quem vai responder por isso. A polícia parou a festa que estava acontecendo na minha casa, mas não foi uma festa feita por mim, eu não estava presente, eu nem sabia dessa festa”, disse.

O responsável pela festa ilegal foi identificado e será apresentado na Delegacia Territorial (DT) de Porto Seguro.

Facebook Comments
Translate »
error: Conteudo protegido!