Polícia apreende arma, munições, passaros silvestres e dinheiro em bar de Governador Mangabeira

Seis indivíduos foram encaminhados a Delegacia Territorial de Cruz das Almas na noite deste sábado (27), por porte ilegal de arma de fogo, desobediência a decreto da pandemia e crime ambiental na localidade de Meio de Campo em Governador Mangabeira no Recôncavo baiano.

De acordo com informações, era por volta das 23hs, quando a guarnição de serviço realizava rondas no local acima informado, e avistaram um bar, que estava com as portas da frente fechadas, mas no seu interior podia se ouvir barulho de som muito alto.

Os agentes então foram até os fundos do estabelecimento, onde avistaram cinco indivíduos aglomerados e consumindo bebidas alcoólicas.

Ao questionarem os indivíduos, o proprietário do estabelecimento, de forma grosseira afirmou que não estava havendo aglomeração. Os agentes então proseguiram com as buscas pessoal nos indivíduos, e em seguida adentraram o interior do bar sendo acompanhado pelo proprietário que demonstrava bastante nervosismo.

No interior foram avistadas várias cédulas de dinheiro espalhadas por cima dos móveis, no chão, e sobre um cômodo um pacote contendo munições. Após uma procura minuciosa foi encontrado uma arma de fogo em baixo de um colchão. Foram encontrados ainda no estabelecimento, varias aves silvestres engaioladas, onde o mesmo não tinha autorização para criar.

Foi dada voz de prisão em flagrante ao proprietário de bar por crime contra a fauna silvestre, posse ilegal de arma de fogo, e desobediência ao decreto por força da Pandemia de Covid-19.

Foram apresentados 13 pássaros da fauna silvestre, 01 revólver calibre 38, 20 munições calibre .38 intactos, R$ 3.167,25 (Três mil, cento e sessenta e sete reais e 25 centavos) em espécie, sendo 2.416,00 em cédulas  e 751,25 em moedas.

Os seis indivíduos foram conduzidos à Delegacia Territorial de Cruz das Almas, onde após todos serem ouvidos apenas o proprietário do estabelecimento comercial conhecido comom “Xuxu” recebeu voz de prisão em flagrante.

Facebook Comments Box
Translate »
error: Conteudo protegido!