Polícia Civil da 4ª Coorpin prende em Itabuna acusado por morte de comerciante de Santo Antônio de Jesus

Policiais da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Santo Antônio de Jesus no Recôncavo baiano prenderam nesta sexta-feira (02), um indivíduo suspeito de ter cometido um crime de latrocínio contra Jozelio dos Santos Silva, ocorrido na localidade do Tabocal, zona rural de Santo Antônio de Jesus no dia 31 de março deste ano.

De acordo com informações, equipes de investigadores da Polícia Civil procuravam os autores do crime de forma continua e ininterrupta, desde que souberam do crime, quando o suspeito identificado como Jadiel da Silva Ribeiro, o vulgo “Paulista”, foi preso na madrugada deste sábado (03), após ser localizado em um leito do Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães, na cidade de Itabuna, onde se recuperava de uma cirurgia para a retirada de um projétil de arma de fogo alojada no abdômen, após ter sido atingido pelo próprio comparsa no momento da ação criminosa.

Inicialmente após varias checagens de informações sobre o paradeiro dos suspeitos, os investigadores foram até a cidade de Ibirapitanga, no distrito de Itamaraty, onde segundo informado aos agentes, Jadiel estaria se recuperando de um ferimento.

Chegando ao local, os policiais obtiveram informações que o “paciente” teria sido regulado até a cidade de Itabuna, o que levou a equipe a mobilizar policiais daquela cidade, onde mais tarde foi confirmado o atendimento naquela unidade Hospitalar do individuo Jadiel, fato que levou os investigadores e se deslocarem até o hospital informado, onde foi encontrado o acusado acomodado em um leito.

Após ser questionado sobre o crime, o mesmo confessou ser o autor do latrocínio e acabou relatando com riqueza de detalhes desde o planejamento até a consumação dos fatos em companhia de seu comparsa identificado como Igor dos Santos da Mota (foragido), inclusive o acusado informou o local onde se encontrava a motocicleta utilizada para o crime. Foi dada voz de prisão em flagrante delito e Jadiel após alta medica foi encaminhado para o Plantão Policial da Delegacia Territorial de S.A.J onde o mesmo ficou a disposição da justiça. O acusado teria matado a vítima porque teria sdo reconhecido.

A polícia segue agora a procura do comparsa de Jadiel, Igor dos Santos da Mota.

Facebook Comments Box
Translate »
error: Conteudo protegido!