Atlético vence o Bahia de Feira e é campeão do Campeonato Baiano 2021

(FBF) – O Baianão 2021 tem um campeão inédito, que saiu de uma final inédita. Pela primeira vez na história da competição, dois times do Interior decidiram o título. Bahia de Feira e Atlético fizeram dois jogos emocionantes, de tirar o fôlego, e o troféu foi para Alagoinhas.

Neste domingo (23), no jogo de volta, o Carcará venceu o Tremendão por 3 a 2, na Arena Cajueiro, para sagrar-se, pela primeira vez, campeão baiano. Foi a terceira vez que o time de Alagoinhas disputou a final. Em 1973 e 2020 ficou com o vice-campeonato.

Além do título, o Atlético garantiu as vagas na fase de grupos da Copa do Nordeste 2022, na Copa do Brasil 2022 e na Série D do Brasileirão 2022. O Carcará ainda faturou o prêmio de R$ 135 mil, em uma iniciativa inédita da Federação Bahiana de Futebol, que pela primeira vez concede premiação em dinheiro aos melhores colocados da competição.

Vice-campeão, o Bahia de Feira faturou R$ 100 mil, além de medalhas e um também inédito troféu. O Tremendão, campeão em 2011, conquistou o segundo vice-campeonato. Em 2019, perdeu a final para o Bahia.

Ainda foram premiados a Juazeirense, 3ª colocada, e o Bahia, 4º colocado, com R$ 66 mil e R$ 33 mil, respectivamente. O Cancão de Fogo também conquistou uma vaga na Copa do Brasil de 2022.

A Final – O jogo decisivo, neste domingo, foi digno de uma final inédita de Baianão. Muita emoção desde o primeiro minuto. Emoção essa que já havia empolgado os torcedores no jogo de ida, quando as equipes empataram em 2 a 2 no Antônio Carneiro.

Nesta tarde, o Bahia de Feira saiu na frente do placar, com gol contra de Iran, aos 18 minutos. Cinco minutos depois, o próprio Iran empatou para o Atlético.

Ainda no primeiro-tempo, aos 46 minutos, Ronan, de pênalti, virou a partida. O time de Alagoinhas ainda aumentou o placar aos 24, com Dionízio. 

O Tremendão não se entregou, fez o segundo aos 45 minutos, com Pelé, e quase empatou e levou a decisão aos pênaltis. Aos 51 minutos, Cazumbá cruzou bola na área, Diones desviou de cabeça e tirou tinta da trave para a felicidade do Atlético, que enfim comemorou seu primeiro do maior estadual do Norte/Nordeste.

Após a partida, no gramado da Arena Cajueiro, a diretoria da FBF realizou a entrega das premiações aos campeões e vice-campeões baianos de 2021. Participaram da cerimônia o presidente da entidade, Ricardo Lima, o vice-presidente, Manfredo Lessa, a diretora de competições, Taíse Galvão, e demais membros da diretoria administrativa.

A FBF parabeniza o Alagoinhas Atlético Clube por seu primeiro título baiano. A entidade também parabeniza o Bahia de Feira pela bonita campanha. As duas equipes engrandeceram o nome do campeonato e protagonizaram uma final que ficará marcada na história.

Facebook Comments Box
Translate »
error: Conteudo protegido!