Juazeirense elimina o Cruzeiro nos pênaltis e avança na Copa Intelbras do Brasil

(CBF) – Foi com muita emoção a classificação da Juazeirense para as oitavas de final da Copa Intelbras do Brasil. Após perder por 1 a 0 em Belo Horizonte, o Cancão de Fogo venceu, nesta quarta-feira (9), o Cruzeiro pelo mesmo placar e levou a decisão da vaga aos pênaltis, no Adauto de Moraes. Na marca da cal, brilhou a estrela do goleiro Rodrigo Calaça, que defendeu duas cobranças e ajudou a garantir o 3 a 2 no placar.

O jogo

Primeiro tempo morno e sem chances claras de gol no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA). A equipe baiana teve 75% de posse de bola contra 64% dos mineiros. Mas foi a Raposa que, mesmo de forma tímida, criou uma chance. Aos 34 minutos, Rômulo cobrou falta na área, Bruno José ficou com ela, dominou e chutou forte. Mas a bola saiu pela linha de fundo. Já a melhor oportunidade da Juazeirense aconteceu de um chute de fora da área de Clébson, onde Fábio defendeu, aos 28.

A partida melhorou na etapa final. Indo para cima do Cancão de Fogo, a Raposa teve três chances seguidas para abrir o placar. Aos 10, Bissoli chutou e tirou tinta da trave. Depois, aos 12, Bissoli finalizou outra vez, mas parou no goleiro Rodrigo Calaça. Em seguida, aos 13, Bruno José ficou cara a cara com Calaça, mas chutou em cima do goleiro.

A Juazeirense respondeu em seguida, aos 16: Guilherme Lucena cobrou falta na área, Wendell subiu e cabeceou para tirar tinta da trave direita de Fábio. Mais tarde, aos 27, o Cruzeiro desperdiçou uma chance incrível. Airton recebeu cruzamento na área da Juazeirense, sozinho, cabeceou por cima da meta.

Ousado, o Cancão de Fogo fez o gol que precisava para empatar o placar agregado. Na marca dos 40 minutos, Kesley foi até a linha de fundo e cruzou para a pequena área. Thauan apareceu e soltou a bomba para estufar as redes e deixar tudo igual em Juazeiro. A emoção foi até o último minuto. Aos 49, após cruzamento, Ramon ficou livre e chutou, mas Waguinho salvou em cima da linha. No rebote, Ramon arrematou e acertou o travessão.

Na marca da cal, o goleiro Calaça defendeu as cobranças de Rômulo e Matheus Barbosa; Kanu, Wendel e Ian converteram para o Cancão e garantiram a equipe nas oitavas de final da Copa Intelbras do Brasil.

Facebook Comments Box
Translate »
error: Conteudo protegido!